CASA DURVAL PAIVA


Em 1994, a partir de um diagnóstico de câncer infantil uma família da cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, começou uma história de lutas e superações. A família apostou no tratamento e viajou com Fernando Campos para a Filadélfia, no estado americano da Pensilvânia, onde receberam apoio e solidariedade da primeira Casa Ronald McDonalds.

Foi a partir deste drama pessoal e da ajuda recebida que surgiu a ideia de fundar na capital potiguar uma instituição semelhante à que foram acolhidos, onde crianças carentes são atendidas com dignidade e esperança de dias melhores.

O espaço físico foi doado pelo avô materno de Fernando e no dia 11 de julho de 1995, foi fundada a Casa Durval Paiva de Apoio à Criança com Câncer. Desde então, é realizado um trabalho psicossocial voltado a doenças oncológicas e hematológicas.

Hoje em dia, a Casa Durval Paiva surge como instrumento que supre a deficiência do Estado, promovendo bem estar, qualidade de vida e inclusão social por meio dos demais projetos realizados com os pacientes assistidos pela instituição e seus acompanhantes.

Há mais de duas décadas combatendo o câncer infanto-juvenil e contribuindo para o resgate da cidadania, dignidade e qualidade de vida de seus pacientes e acompanhantes, a Casa Durval Paiva atende aos casos oncológicos e hematológicos dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Piauí e Sergipe.

Hoje em dia, a instituição conta com mais de 100 colaboradores especializados em diversas áreas, entre eles: assistentes sociais, psicólogas, dentistas, fisioterapeuta, nutricionista, médica, enfermeira, farmacêutica, pedagogas, arte educadora, técnico de informática, equipe multidisciplinar e voluntários dedicados à causa.

A Casa oferece também salas de grupo, artesanato, apoio pedagógico e informática; ala de fisioterapia, terapia ocupacional e farmacêutica; espaços interativo e ecumênico; área de convivência, transportes, bazar, auditório, dormitórios, cozinha, refeitório e lavanderia. Além da central de doações, TI; setor financeiro, administrativo, RH e o marketing.

Essenciais ao estado de saúde dessas pessoas, bem como à convivência com os problemas familiares ocasionados pela doença, a Casa Durval Paiva em busca da melhor assistência, desenvolveu alguns projetos com propostas voltadas a humanização e inclusão social dos assistidos pela instituição.

Na biografia da Casa Durval Paiva, centenas de histórias podem ser narradas, algumas de perda, outras tantas de cura. Porém, o que predomina é a celebração pela vida, enquanto ela existir!

Acesse:
CASA DURVAL PAIVA

Foto: A/D / OpenBrasil.org
Ong. Social - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas